marca_blog

Multicloud como estratégia de performance: o que você precisa saber​

multicloud o que saber

Se a migração para a cloud já provou ser o futuro da tecnologia, existe um outro conceito que têm caído nas graças de profissionais da área. A estratégia multicloud – ou seja, utilizar mais de um provedor de soluções em nuvem ao mesmo tempo – se consolidou como uma grande aliada de analistas, gestores e diretores de TI.

Entender os prós e contras da multicloud e como extrair o melhor desse modelo é uma habilidade bem interessante para quem deseja se tornar especialista em cloud computing.

Continue lendo para entender melhor sobre as nuvens múltiplas:

O que é multicloud na prática

Como já introduzimos mais acima, a prática das nuvens múltiplas ou multicloud significa aproveitar o que cada provedor de cloud tem de melhor e ainda aumentar a disponibilidade dos recursos, já que você pode utilizar, em uma mesma arquitetura em nuvem, vários serviços diferentes e não depende apenas de um fornecedor.

Assim como diferentes empresas de um mesmo segmento podem se especializar em nichos, assim também o fazem as empresas de tecnologia em cloud: segurança, performance, custos, APIs, integrações com sistemas legados, entre outros; além de operar nas modalidade de cloud pública, privada e híbrida.

Nuvens múltiplas versus nuvem híbrida

Apesar de semelhantes, os conceitos de multicloud e de cloud híbrida são diferentes.

Enquanto o primeiro fala do uso de múltiplos serviços de nuvem, o segundo explora os modelos de implantação da infraestrutura em nuvem, unindo, na mesma estratégia, clouds de provedores compartilhados pelo mundo todo, como a Winov, AWS ou Azure, com as clouds privadas, que são nuvens fechadas especificamente para uso de uma empresa só.

Dito isso, os dois conceitos podem se sobrepor para a criação da melhor infraestrutura em nuvem possível.

Vantagens de usar a estratégia multicloud

Para entender como usar diferentes tipos de serviços em cloud de forma a aumentar a performance da sua infraestrutura, vamos listar algumas das maiores vantagens dessa estratégia:

Otimizar a infraestrutura de TI

Poder escolher apenas o melhor de cada fornecedor e construir exatamente a arquitetura que faz sentido para o core business do seu negócio e para a sua equipe. Essa característica não obriga o analista de TI a adaptar sua estratégia às soluções que seu provedor oferece, mas sim contratar aquelas que atendem às suas necessidades personalizadas sem ter medo do lock-in.

Economizar custos

Da mesma forma que se pode organizar uma estratégia pela tecnologia mais adequada, você também tem a liberdade de optar pelos serviços de preços mais competitivos do mercado. Na hora de apresentar alternativas ao seu gestor, a multicloud é uma ótima aliada dos orçamentos da área de TI.

multicloud o que saber

Trazer resiliência para dados

Outro ponto interessante da multicloud é que, confiando a infraestrutura para mais de um provedor, você garante uma disponibilidade maior frente a ataques, instabilidades e tempo de inatividade de servidores. Algumas nuvens públicas oferecem essa redundância, mas quanto mais descentralizado estiverem os dados, mais difícil é derrubar as operações de forma crítica.

Flexibilizar o uso das tecnologias

Como analista, ter possibilidades é muito interessante, não só para solucionar problemas de forma muito mais rápida e eficiente, mas para se permitir ser estratégico na sua função. Abrir o leque de escolhas abre um mundo de oportunidades para que você se desenvolva como profissional e proporcione inovações para a empresa de forma proativa.

Entrar em compliance com a LGPD

A Lei Geral de Proteção de Dados é o assunto do momento para empresas de todo o Brasil. E, como muitos dos servidores das empresas de cloud estão localizados no exterior, organizações têm se preocupado com o controle dos dados se eles estão armazenados tão longe. Ter uma estratégia multicloud pode auxiliar a sua equipe a escolher diferentes soluções dependendo de como a LGPD se aplica sobre os dados que elas utilizam, deixando a sua empresa um passo mais perto do compliance.

Os desafios da estratégia multicloud

Não poderíamos terminar este post sem comentar alguns desafios das equipes de TI ao adotar multicloud.

  • Especializar conhecimentos sobre cada provedor: ser exigente quando se contrata mais de um fornecedor de cloud é essencial, pois o seu time precisará entender as nuances de cada um para extrair o melhor que ele pode oferecer. Isso inclui certificações, contato com o suporte e manter o seu sistema atualizado para o tipo de serviço que você tem na nuvem.
  • Monitorar e gerenciar as integrações: para que o modelo de nuvens múltiplas funcione de forma fluida, o mais importante é que tudo esteja bem integrado, sejam entre nuvem e infraestrutura local ou mesmo entre as próprias nuvens.
  • Pesquisas de mercado constantes: para tirar o máximo da flexibilidade que a multicloud proporciona, o grande trunfo é sempre se manter atento a novidades do mercado, novos fornecedores, novas soluções. Tire proveito de não estar preso a uma única empresa de cloud e diversifique suas opções para usar a tecnologia a favor da sua equipe.

Compartilhe este artigo:

Post Relacionados