.BLOG winov

Benchmark de performance, resultados da comparação entre hiperconvergência e o ambiente tradicional de servidores

 

Sempre há dúvidas quando procuramos fornecedores de qualquer serviço. Ainda mais quando se trata de um dos maiores bens de  uma empresa, se não o maior, a informação. A decisão de jornada para a Cloud começa muito antes de qualquer plano de migração. Optar por um bom provedor que faça questão de entender do seu core de negócio, que auxilie nessa jornada para Cloud e que agregue ao seu Business, é um grande desafio.

 

Na Winov buscamos ser diferente, desde o ponto em que criamos o conceito corporativo de Cloud, pensamos diferente. E por isso, um dos pontos que nós destacamos, além de todo entendimento de core busisness, que realizamos em conjunto com o cliente, é a infraestrutura de alta performance. Aqui os equipamentos de infraestrutura são hiperconvergentes. Atualmente, nenhum provedor nacional oferece essa inovação. Na grande maioria, os outros provedores oferecem uma tecnologia tradicional, composta por switch + storage + servidor, o que acarreta em vários pontos de deficiência e um deles, senão o mais importante, a baixa performance.

E é sobre isso que tratamos neste paper. Comparamos a performance da Winov hiperconvergente com outro grande provedor, que utiliza um ambiente de infraestrutura tradicional, como na grande maioria dos players.

 

No material, realizamos testes técnicos de benchmark com um ambiente até mais performático, no papel, no entanto foi curioso como nosso ambiente se comportou e o resultado final é impressionante.

 

O material é indicado para pessoas técnicas e não técnicas, então convidamos você a ler e tirar as suas próprias conclusões.

clique para baixar o benchmark

Inscreva-se para receber convites, comunicados de imprensa, boletins informativos e atualizações dos serviços.

Headquarter Winov

Avenida Iguaçu, 2820, 15º andar • CEP 80.240-030 • Telefone: +55 41 3122-9600 | Suporte: +55 41 3122.9619 • comunicacao@winov.com.br

Mídias sociais

we innovate we see potential